Rotavírus: Cuidados e Prevenção

16 de janeiro de 2023
Compartilhe:

Na idade escolar, é normal os pequenos ficarem doentes com mais frequência, uma dessas doenças é o Rotavírus. Separamos algumas dicas para não sofrer com esse vírus no dia-a-dia!

O que é o Rotavírus

Rotavírus é um vírus que causa infecção intestinal e diarreia grave, especialmente em crianças. É altamente contagioso e pode ser transmitido por contato com fezes infectadas ou por contato com objetos ou superfícies contaminadas. Os sintomas incluem febre, vômito, diarreia aquosa e dor abdominal. A vacinação é uma forma eficaz de prevenir a infecção pelo rotavírus.

Sintomas mais comuns

Os sintomas da infecção pelo rotavírus incluem:

  1. Diarreia aquosa: A diarreia é o sintoma mais comum da infecção pelo rotavírus, e pode ser grave.
  2. Vômito: Muitas crianças também experimentam vômitos frequentes.
  3. Febre: É comum que as crianças apresentem febre quando estão infectadas pelo rotavírus.
  4. Dor abdominal: Dor abdominal e cólicas são outros sintomas comuns.
  5. Desidratação: A diarreia grave e o vômito podem causar desidratação, especialmente em crianças pequenas.

Os sintomas geralmente aparecem entre 1 a 3 dias após a exposição ao vírus e podem durar de 3 a 8 dias. As crianças são as mais propensas a desenvolver uma infecção grave e a necessidade de hospitalização.

Como se prevenir do vírus?

Existem algumas maneiras de se prevenir contra o rotavírus, incluindo:

  1. Vacinação: A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a infecção pelo rotavírus. A vacinação está disponível para crianças com menos de 2 anos de idade.
  2. Higiene: Lavar as mãos com água e sabão frequentemente, especialmente depois de usar o banheiro, trocar fraldas ou entrar em contato com pessoas doentes, pode ajudar a evitar a transmissão do vírus.
  3. Limpeza: Limpar e desinfetar os objetos e superfícies que podem estar contaminados, especialmente em áreas como banheiros e cozinhas, pode ajudar a evitar a transmissão do vírus.
  4. Isolamento: É recomendado evitar contato com pessoas que estão doentes com diarreia ou vômito, especialmente em áreas de surtos de rotavírus.
  5. Alimentação balanceada: Mantendo uma dieta equilibrada e evitando alimentos crus ou mal cozidos pode ajudar a prevenir a infecção pelo rotavírus.

Como funciona a vacinação contra o vírus?

A vacinação contra o rotavírus é feita por meio de uma vacina oral, que contém vírus inativados ou fragmentos de vírus. A vacina ajuda a preparar o sistema imunológico para reconhecer e combater o vírus se a pessoa for exposta a ele no futuro.

Geralmente, a vacinação contra o rotavírus é feita em duas ou três doses, dependendo da vacina específica. A primeira dose é administrada quando a criança tem entre 6 e 14 semanas de idade, e as doses subsequentes são administradas com intervalos regulares (geralmente entre 4 e 10 semanas).

A vacinação é altamente eficaz em prevenir a infecção pelo rotavírus e a maioria das crianças vacinadas não desenvolvem sintomas graves da doença. No entanto, como com qualquer vacina, a eficácia pode variar de acordo com fatores individuais como a saúde geral da criança, e algumas crianças vacinadas ainda podem desenvolver a doença, mas geralmente é mais leve.

 

Por isso, reforçamos: a prevenção é o melhor e maior remédio. Caso seu filho(a) ainda não tenha recebido nenhuma das doses citadas, não perca tempo e procure as vacinas mais próxima de você!

Redação BuscaVacinas
Redação BuscaVacinas

Falamos sobre Vacinação, Dicas de Cuidados com seus Pequenos e Informações utéis para o dia a dia de mamães e papais.

Receba em primeira mão ofertas e informações sobre vacinas para bebês e esquemas vacinais de todas as idades!

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.